COMO HARMONIZAR A CERVEJA COM PRATOS FRIOS, QUENTES E SOBREMESAS?

Hoje a gente vai falar sobre um assunto bem interessante na culinária, a harmonização de pratos e sobremesas com cerveja.

Antes de qualquer coisa, é necessário entender do que se trata a harmonização na cozinha, que nada mais é do que a combinação de todos os componentes de uma refeição juntos, de forma com que o prato principal, a sobremesa e a bebida se complementem no sabor e na apresentação como um todo.

Um conceito que sempre vai estar presente na harmonização de qualquer prato como um todo é a criatividade. Mesmo já conhecendo alguns alimentos que combinem bem com a cerveja, existem inúmeras combinações possíveis de se fazer dependendo de coisas como o sabor, cor e tipo da cerveja escolhida para a harmonização.

Por exemplo, se um prato conta com bastante gordura e tempero, é necessária uma cerveja com teor alcoólico maior para que exista uma conexão entre os dois itens. Essa harmonia entre as os sabores é baseado nas semelhanças entre o prato principal e a bebida.

Tendo isso em mente, vamos então quais as melhores companhias para a sua harmonização com sobremesas, pratos quentes e pratos frios.

Pratos Quentes

Facilmente encontrada, a combinação de cerveja com pratos quentes é uma prática bem comum para o brasileiro, principalmente quando o assunto é churrasco.

Por isso, para harmonizar um corte de carne como uma picanha é sempre valido usar de cervejas Pilsen, que são mais leves e contrastam com o prato, permitindo uma melhor degustação do sabor.

Pratos Frios

Os melhores pratos frios para se combinar com a cerveja são petiscos, que podem ser servidos como entrada para serem degustados durante o preparo dos pratos principais, o que é um ponto importante para se ter em mente no preparo da harmonização.

Porções de salame e queijos mais gordurosos, como o parmesão, pedem cervejas mais fortes, que acabam por cortar o amargo do queijo ou então complementam o sabor da salame. Para isso, são recomendadas cervejas do tipo IndiaPaleAle (IPA) por conta do seu amargor.

A apresentação pode ser feita ao estilo mesa de boteco, com os frios sobre uma bandeja rasa acompanhados da cerveja em uma tulipa ao fundo.

Sobremesas

Não, você não leu errado. Existem combinações que podem ser feitas com cervejas e sobremesas, que não só formam uma combinação inusitada de sabores, como também permitem uma composição visual muito ampla para a sua harmonização no quesito de apresentação.

Mas quando o assunto é sabor, vale lembrar que a sobremesa sempre vai ser o protagonista da harmonização.

Portanto, se deve escolher tipos de cerveja que não cancelem o sabor do mesmo, assim se aproveita bem mais a combinação como um todo.

Nesse clima de calor do verão é comum servir sorvetes e outras receitas frias para ajudar a refrescar, então se você for harmonizar alguma cerveja com sorvete, o tipo mais indicado é o Porter, que são cervejas de sabor pouco amargo, que complementam o sabor do sorvete de forma sútil.

Para a apresentação dessa combinação, o ideal é usar taças de sorvete mostrando a mistura entre ele e a cerveja na própria taça dando um charme a mais para a harmonização.

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre como são realizadas a as harmonizações de cervejas com pratos de diversos tipos, que tal experimentar fazer uma do seu jeito? Afinal, a melhor parte da harmonização de alimentos é a criatividade de quem está as montando, portanto fique à vontade para criar as suas próprias harmonizações.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *